Arquivo da categoria: Amor

{Bom de ler} Vovô “espendoroso”

Padrão

Estava ensaiando a dias fazer esse especial aqui no blog.

Isso porque me APAIXONEI por estes textos do Juca Kfouri sobre a relação dele com as netas.

Sim, Juca é jornalista esportivo mas, antes de tudo, escreve sobre todos os assunto da forma mais gostosa de ler que já vi na vida!

Serão 5 textos durante esta semana.. tenho certeza que vão suspirar e chorar muito… assim como eu fiz.

A publicação está autorizada pelo próprio que, não sei se todos sabem, é chefe do meu marido… rs… e fez algo parecido no seu Blog do Juca na semana das crianças.

_________________________________________________________________________________________________

Desde junho, por uma brincadeira numa mesa de jantar, assumi a responsabilidade, e o prazer, de fazer uma coluna para a revista pais&filhos. Como neste mês de outubro saiu a quinta coluna, e vivemos a chamada “Semana da Criança” , divido com o avós frequentadores deste espaço (se é que os há…), uma por dia, de segunda à sexta-feira, a maravilhosa aventura de ser pai em dobro.

 

Vovô “espendoroso”

Onde a gente aprende a ser avô? Perguntou o amigo aflito, depois de receber a notícia da primeira gravidez da filha. Há manuais para ensinar a lidar com os filhos, mas não encontrei nenhum que ensinasse um avô a enfrentar os netos!

O lamento do amigo calou fundo. Fomos procurar em livrarias e na internet, e constatamos que ele estava certo: não encontramos um único livro em português que orientasse um avô ou uma avó em seus primeiros passos.

O que isso significa? Será que os brasileiros nascem com toda a sabedoria necessária para exercer essa função? Pensamos em nossas próprias experiências, comparando a vivência de uma avó com mais de 10 anos de prática no exercício da função com os sentimentos de um avô recém-empossado no cargo.“

É assim que a psicoterapeuta Lidia Aratangy e o pediatra Leonardo Posternak justificam a existência da obra que lançaram em 2005: “Livro dos avós. Na casa dos avós é sempre domingo?”

E é por esta escassez surpreendente de textos sobre a mais nobre das atividades, a de ser avô, que o acima assinado sai de seus cuidados esportivos e adentra o gramado do tema mais importante de sua vida, felizmente ainda curta. Sim, nada é mais importante do que ser avô da Luiza, de seis anos, e da Julia, de três.

Não fui avô pela primeira vez com 33 anos, como Raí, mas com 55, muuuito jovem. E mudei minha vida por isso. Parei de fumar, passei a caminhar, a nadar, a fazer musculação e a dedicar o tempo que posso, sempre muito menos do que gostaria, às duas.

Se nunca cometi o crime de não ver meus filhos crescerem, mais ainda não vou cometê-lo em relação às netas.

Porque a Julia, em sua bem sucedida luta para conquistar espaço, diz pra mim que “vovô, você é só minha” para espezinhar a Luiza, que disse, com menos de dois anos, que “o vovô é apaixonado da Luiza”, além de ter declarado, do fundo de sua alma, por ter sido autorizada a outra sessão no pula-pula: “Vovô, você é espendoroso!”

Diferentemente do livro, acho que não vou ajudar ninguém a ser avô aqui.

Ficarei feliz contando casos e se, principalmente, conseguir fazer com que genros, noras, filhos e filhas entendam melhor o que é ser avô e avó.

Porque, me convenci de que é verdade que só se aprende ser filho quando se é pai e só se aprende a ser pai quando se é avô.

 

Juca Kfouri, avô de Luiza e Julia, é jornalista esportivo, pai de quatro filhos e avô orgulhoso.
Anúncios

Foto da noite: Segurança e cumplicidade

Padrão

Como prometido, hoje tem mais foto!!!

E, para não perder o costume, mais uma de casal… rs

Gente, essa foto é MUITO FORTE! Um click que realmente pegou o clima do momento e para mim demonstra que encontramos no outro SEGURANÇA E CUMPLICIDADE. 

Sinto a energia deste momento como se estivesse lá… viu Nathy?!

E, não preciso dizer mais nada… a legenda foi escrita pela própria noiva.

"Essa é uma foto que eu amo muito, foi tirada no nosso casamento logo após a exibição da retrospectiva no telão, para mim foi o momento mais emocionante, ver a nossa vida ali apresentada nos fez relembrar quantas dificuldades passamos até chegar ali, e no momento em que acabou o vídeo, eu e o meu esposo nos olhamos e não contemos as lagrimas, e então nos abraçamos com muito amor, acho que foi o melhor abraço da minha vida, este foi o único momento que choramos no casamento". Na foto: Natália e Gabriel. By Santiago

Foto da manhã: Momento Inesquecível

Padrão

Como ainda tenho três imagens para postar aqui no blog neste especial ‘Dia Mundial da Fotografia’, subirei duas hoje e uma amanhã, para fechar com chave de ouro!

A primeira desta sexta-feira é da Shirley, Shi querida, e não preciso nem dizer porque marcou sua vida, não?

Foto linda, suave e que deixa no ar todo o amor do momento…

"amo essa foto, amo esse momento....só energia boa". Na foto: Shirley e Clóvis. By Studio Galbatto

Foto do dia: Amor em forma de abraço

Padrão

Cada vez mais tenho certeza que imagens que marcam são aquelas onde existe muito, mas MUITO AMOR!

As duas fotografias que já postei enviadas por queridíssimas leitoras do blog mostram isso!

E a de hoje não foge a risca… Amor em forma de abraço! É só o que posso dizer, pois a imagem e a legenda, enviada pela modelo da foto, Gaby, já resumem tudo!

"Afinal é ou não uma delicia ver a pessoa que você ama te abraçando com tanto amor!!!" Na foto: Gabriela e Rodrigo. By Michelle Serrano

Foto do dia: Beijo Melancólico

Padrão

A foto de hoje foi enviada pela querida Michelle Serrano, também conhecida como Mix… rs

Ela tem o prazer e o dom de eternizar momentos alheios… rs… como ensaios, chás, aniversários, casamentos e Trash the Dress, como é o caso da foto abaixo!

Para quem não sabe Trash the Dress é uma ‘nova modalidade’ de ensaio onde os casais usam as roupas do casamento (ou de casamento) sem medo de se sujar, se jogar no chá, se molhar…

E, para mim, essa fotografia tem um olhar único, de fotógrafa mesmo, que incorporou essa linda árvore ao cenário de um beijo romântico e deu até um toque de melancolia…. lindo! Parabéns Mix e parabéns ao casal Fernanda e Rubens!

Beijo melancólico. Na foto: Fernanda e Rubens. By Michelle Serrano

Foto do dia: Amor em japonês

Padrão

Como prometido, hoje começo a postar as fotos enviadas ao blog!

A de hoje foi a primeira que recebi, ainda ontem logo após o post.

É especial porque foi clicada sem a intenção de sair assim, tão linda e romântica…

A Lucimar, a mocinha ai da foto, ainda me deu a difícil tarefa de escolher entre três imagens, mas essa me chamou atenção pela naturalidade e beleza!

Foto tirada em um passeio no Japão, olha só que chique! ADOREI Lu! O amor está no ar, mas nessa foto estava no Japão! rs

Amor em japonês! Lu e Rafa

obs: e quem quiser saber a história de amor LINDA entre Lu e Rafa pode acompanhar o blog da Lis, Nós e o Pé de Feijão, que está contando tudinho, e não só por isso, claro =)

{Vídeo da Semana} Perfeito para o dia de hoje…

Padrão

Não tinha postado um vídeo ainda nesta semana, que acaba hoje… não tinha visto nada que me chamasse atenção.

Hoje, porém, agora pouco por sinal, vi uma matéria da afiliada da Globo no Ceará no site G1 e caiu como uma luva para meu dia!

 

Isso porque hoje, 20 de agosto, faço 9 meses de casamento!!!! Sim, 9 meses já! O tempo voa minha gente!

 

E nada mais inspirador do que ver uma história de amor LINDA como essa do vídeo abaixo.

História com tudo que um casamento tem direito: noivo chorando, noiva com vestido, véu e grinalda perfeitos e FINAL FELIZ!

 

A única diferença é algo que, definitivamente, não faz diferença quando o assunto é amor… cliquem no link abaixo e confiram!

 

http://g1.globo.com/videos/ceara/v/mulher-de-81-anos-e-homem-de-74-se-casam-em-fortaleza/1603813/

obs: sem ser maldosa e já sendo, já vi muitas noivas mocinhas parecendo bem mais velhas que essa senhora elegantérrima e que fez jus a um vestido de noiva de renda! rs… sorry, não resisti!